Ácido Úrico

O ácido úrico é uma substância formada pelo corpo depois da digestão das proteínas, as quais formam uma substância chamada de purina, que depois darão origem aos cristais do ácido úrico, que se acumulam nas articulações causando dor intensa.

Geralmente ele não causa nenhum problema de saúde e é eliminado pelos rins. Mas, quando existe algum problema renal ou quando a pessoa consome muitas proteínas ou, ainda, quando o organismo produz muito ácido úrico, este irá se acumular nas articulações, tendões e rins, causando a Artrite Gotosa, a qual também é conhecida como ‘Gota’, que é um tipo de artrite mais dolorida.

Essa substância em excesso tem cura, pois seus desiquilíbrios podem ser controlados através de uma alimentação equilibrada, rica em água e pobre em alimentos ricos em proteínas. Nos casos em que o paciente apresentar sintomas, o médico pode indicar o uso de medicamentos.

A análise do ácido úrico pode ser feita através de exame de sangue ou de urina e, os valores de referência devem ser:

 

Sangue Urina
Homem 3,4 – 7,0 mg/dL 0,75 g/dia
Mulher 2,4 – 6,0 mg/dL 0,24 g/dia

 

Normalmente, esse exame é pedido pelo médico quando o paciente apresenta dor nas articulações ou quando existem suspeitas de doenças mais graves, como lesão renal ou leucemia.

É comum que os valores do paciente estejam acima dos valores de referência, mas também existe o ácido úrico baixo, o qual está relacionado com doenças congênitas, como por exemplo, a Doença de Wilson.

Os principais sintomas do ácido úrico elevado, o qual afeta principalmente os homens, são:

  • Dor, inchaço e vermelhidão;
  • Dificuldade em movimentar uma articulação, especialmente os dedos das mãos, joelhos, tornozelos, calcanhar e dedos dos pés;
  • Os cristais acumulados podem ser vistos nas articulações gravemente afetadas, gerando deformações;
  • É comum o aparecimento constante de pedras nos rins, as quais causam dor intensa no fundo das costas e dificuldade para urinar.

Alguns alimentos podem elevar os níveis do ácido úrico, os quais são: carnes vermelhas, frutos do mar e peixes, consumo exagerado de bebidas alcoólicas, excesso de alimentos ricos em gordura saturada.

O tratamento para o ácido úrico elevado, deve ser orientado por um reumatologista, mas, geralmente, inclui o uso de remédios para abaixar o ácido úrico como o Alopurinol, a Probenecida ou a Sulfinpirazona, além do uso de antiinflamatórios, como Indometacina ou Ibuprofeno, para aliviar as dores nas articulações.

Durante o tratamento, é muito importante fazer uma dieta para o ácido úrico, evitando o consumo de alimentos ricos em purina, como carnes vermelhas, peixes e frutos do mar, assim como dar preferência aos alimentos saudáveis, evitando o consumo dos industrializados.


Tenho 25 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*