Alimentação na Prevenção do Câncer – Parte II

No post anterior, falamos sobre os alimentos que podem potencializar o surgimento do câncer. Nesse post, veremos como prevenir ou potencializar o tratamento do câncer (no caso dos que já iniciaram o tratamento), através de dicas rápidas e fáceis de seguir.

  • Consuma frutas, verduras e legumes frescos. A recomendação é de 4 porções diárias. Um bom exemplo é a batata doce, pois é rica em vitamina A, a qual é um nutriente conhecido por atuar na prevenção do câncer;
  • Consuma alimentos naturais e integrais;
  • Inclua grãos e cereais no dia-a-dia;
  • Consuma arroz e feijão, pois eles combatem alguns cânceres orais;
  • Alimentos ricos em vitamina C são poderosos antioxidantes, os quais combatem os radicais livres, impedindo a danificação celular;
  • Utilize o azeite de oliva extra virgem, pois ele possui fitoquímicos que auxiliam no combate às células cancerígenas;
  • Consuma sempre alimentos sem conservantes e frescos;
  • O licopeno (presente na goiaba, tomate e em outras frutas com cor vermelha forte) ajuda no combate ao câncer de próstata;
  • Faça uso do brócolis, repolho, couve-flor, couve e espinafre, pois possuem substâncias que auxiliam na regeneração celular;
  • Pratique atividades físicas regularmente;
  • Evite consumir gorduras de origem animal e opte pelas de origem vegetal (com moderação);
  • Evite alimentos defumados e churrascos, assim, como os já citados na primeira parte do texto;
  • Reduza ou elimine o consumo do álcool e do tabaco;
  • Controle o peso;
  • Evite consumir alimentos embutidos, industrializados e enlatados;
  • Consuma soja, pois a mesma contém isoflavonas, as quais são substâncias que ajudam no combate ao câncer de mama, através da interação com o estrogênio (hormônio capaz de desempenhar diversas funções na mulher);
  • Não utilize medicamentos sem prescrição.

Uma alimentação saudável e equilibrada aliada à prática de exercícios físicos, ajuda a prevenir o câncer, além de diversas outras doenças.


Tenho 25 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*