Benefícios do Salmão – Parte I

O salmão é um peixe de águas frias e contém ácidos graxos ômega 3, o qual é muito importante para o organismo, pois ele evita que placas obstruam as artérias, além de combater os triglicérides e diminuir o colesterol. Sua coloração diferenciada se dá pela presença de um pigmento chamado astaxantina, uma vez que a cor original do peixe é branca.

Essa cor alaranjada é proveniente dos camarões, que acabam acumulando o pigmento na casa e nos músculos e, que quando é consumido pelo salmão, libera a cor que fica armazenada no tecido gorduroso do peixe, fazendo com que ele fica laranja ou cor-de-rosa.

De acordo com pesquisadores, foram descobertos diversos benefícios do salmão em estudos científicos. Exemplo: um prato de salmão quando consumido pelo menos 3 vezes na semana, fornece diversos benefícios, pois ele é fonte rica de proteínas, as quais possuem um alto valor nutritivo, sendo superior até das que são encontradas na carne de boi e de porco.

Essas proteínas favorecem o processo digestivo, pois apresentam uma alta digestibilidade. Para que os benefícios sejam totalmente aproveitados, é recomendado que a porção seja de 180gr por dia, podendo ser consumido cru (sashimi), grelhado ou assado.

Segundo pesquisadores da Associação Americana do Coração, mesmo quem não apresenta nenhum problema cardíaco, pode ser beneficiado com o consumo de peixes ricos em ômega 3. Um estudo recente chamado de Estudo da Saúde dos Médicos, levantou a hipótese de que a ingestão do salmão pode diminuir em até 80% o risco de ataques cardíacos.

Outra pesquisa hipotetizou que os ácidos graxos ômega 3, poderiam reduzir em até 33% o risco das mulheres virem a óbito por causa de complicações cardíacas. Porém, só consumir salmão não é suficiente para que a pessoa tenha efeitos terapêuticos. O ideal é que haja uma alimentação balanceada com a presença de grãos e cereais combinados com carne magra (frango ou peixe), frutas e hortaliças, as quais são indispensáveis para a manutenção da saúde dos indivíduos.


Tenho 26 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*