Benefícios do Xilitol

O xilitol é uma substância classificada como sendo um álcool de açúcar, o qual é derivado da xilose, um monossacarídeo que naturalmente pode ser encontrado em diversas frutas e legumes que consumimos diariamente. Para fins comerciais, ele costuma ser extraído do milho, da casca da bétula ou da cana de açúcar. Porém, o produto que chega à mesa das pessoas que utilizam-o, passa por uma série de processos químicos, fazendo com que a xilose presente no produto seja diferente da dos vegetais.

Ele começou a ser usado há mais de sete décadas, quando a Finlândia passou por um grande desabastecimento de açúcar decorrente da Segunda Guerra Mundial. Devido a isso, os pesquisadores procuraram alternativas para substituir o açúcar normal e, com isso, conseguiram estabilizar o xilitol dos vegetais, afim de fazer com que a substância pudesse ser usada para vários tipos de alimentos.

O xilitol é levemente menos doce que o açúcar refinado, mas tem como vantagem 60% menos calorias, quando comparado a outro derivado da cana. Seus benefícios são: tem menor impacto na glicemia sanguínea, reduz o risco de diabetes, além de reduzir a gordura corporal. Porém, o xilitol pode trazer alguns efeitos colaterais como formação de gases, distensão abdominal, náuseas e até diarreia, logo após seu consumo.

Ele não faz mal (embora possam ocorrer esses efeitos colaterais) e é aprovado pela ANVISA, sendo considerado também pela FDA (poderosa agência norte-americana), entre outras instituições sérias.


Tenho 25 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*