Complemento Nutricional – Parte III

No post anterior, vimos sobre algumas funções dos complementos e quais os mais usados. No texto de hoje, veremos em quais situações eles são mais utilizados.

Como vimos anteriormente, os complementos só devem ser usados por atletas e/ou praticantes de atividades físicas. Veja abaixo as situações em que eles são usados:

  1. Quando o esportista deseja reduzir a quantidade do bolo fecal para evitar interrupções (evacuações), nas competições em que participar;
  2. Quando o esportista gasta muitas calorias durante o treino ou competição e tem algum tipo de dificuldade em ingerir os alimentos necessários para a reposição calórica;
  3. Quando houver a necessidade de fazer uma compensação muito grande de carboidrato, mas o esportista não tem os alimentos adequados para fazer essa reposição, seja pela falta do mesmo ou pela ausência de higiene adequada para o consumo desse macronutriente;
  4. Quando houver a necessidade do indivíduo recuperar-se depois de um treino intenso e, por alguma razão, ele estiver sem vontade de alimentar-se;
  5. Quando houver restrição alimentar, ainda que temporária;
  6. Quando o atleta for participar de treinos intensos ou competições muito longas, em que seja necessário o consumo de carboidrato, para que os níveis desse nutriente seja mantido de forma adequada no corpo do indivíduo.


Tenho 26 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*