Importância dos Cereais Integrais na Alimentação – Parte II

No post anterior vimos as diferenças entre os cereais integrais e os refinados. Agora, vamos saber um pouco mais sobre os nutrientes e como eles agem no nosso corpo.

Os cereais são compostos de carboidratos, os quais estão na base da pirâmide alimentar. Os carboidratos representam uma das principais fontes de energia dos seres humanos. Por isso, é recomendado consumir alimentos fontes de carboidratos, principalmente para pessoas que praticam atividades físicas. Eles ainda desempenham diversas funções no nosso organismo, além de serem essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Os cereais integrais são ótimas fontes de carboidratos compostos, os quais levam mais tempo para serem digeridos e transformados em açúcares mais simples. Eles apresentam vantagens sobre outras fontes de carboidrato e podem ser de alto índice glicêmico, ou seja, alteram as taxas de glicose no sangue mais rápido. Por isso, consumir cereais integrais ajuda na saúde do indivíduo. São bastante conhecidos por terem muitas fibras, mas eles também contêm fitonutrientes, vitaminas, antioxidantes e minerais.

A concentração dos nutrientes depende da região do grão:

Farelo: é rico em fibras, proteínas e vitamina B e minerais;

Endosperma: é rico em carboidratos, proteínas e contém uma pequena quantidade de vitamina B;

Gérmen: é rico em vitamina B, E, proteínas e outros nutrientes.

Os benefícios do consumo dos cereais integrais são:

  • Controlar a taxa da glicose sanguínea;
  • Reduzir a incidência dos problemas intestinais;
  • Ser ótima fonte de energia para o corpo;
  • Auxiliar na manutenção do peso ideal, ou seja, é bom para a perda de peso;
  • Reduz a incidência do colesterol, diabetes, doenças cardiovasculares e câncer.

Introduza os cereais integrais na sua alimentação, consumindo-os no café da manhã, trocando o pão branco pela sua versão integral e use-os em bolinhos, pães, biscoitos, massas e arroz.

Opte por ingerir cereais integrais, pois eles possuem baixo índice glicêmico e ajudam na redução da diabetes.


Tenho 25 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*