Os Benefícios das Oleaginosas – Parte II

No post anterior, vimos alguns benefícios das oleaginosas. Na continuação, veremos um pouco mais detalhadamente sobre os nutrientes presentes em cada uma.

De acordo com especialistas, a castanha é muito rica em proteínas, potássio, fibras, cálcio, ácido fólico, selênio, ferro e vitamina E. Um exemplo disso é a castanha do Pará, a qual apresenta um teor elevado de selênio, que irá atuar na manutenção do equilíbrio da glândula tireoide, ajudando a manter o peso corporal e controlar suas variações.

A castanha do Pará ainda contém a capacidade de fortalecer o sistema imunológico, proteger contra diversos tipos de câncer e prevenir a ação dos radicais livres no nosso organismo. No caso do pistache, do amendoim e das amêndoas, eles são excelentes fontes de proteínas, devendo ser consumidos principalmente por pessoas que não consomem carne vermelha. A castanha de caju contém zinco, o qual apresenta uma participação muito importante na síntese dos glóbulos brancos. Boa parte das oleaginosas tem em sua composição o magnésio, o qual irá reduzir os sintomas da TPM e auxiliar no controle da pressão arterial, além de favorecer o desenvolvimento muscular.

No próximo post, veja outros benefícios dessas frutas.


Tenho 26 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*