Reaproveitamento dos Alimentos – Parte II

No post anterior, vimos a importância do reaproveitamento dos alimentos e algumas formas de como fazer isso. No texto de hoje veremos outros alimentos.

Folha da beterraba: sua folha possui 17 vezes mais vitamina C do que a polpa. Ela pode ser utilizada crua em saladas.

Casca e semente de abóbora: a casca é rica em fibras, vitamina C e Pr-2, a qual é uma proteína com poderoso efeito antifúngico. Para utilizá-la, basta ferver bem antes. Outra opção é usar a casca para enriquecer o arroz e as saladas. A semente da abóbora é rica em potássio, lipídios, fibras e proteína. Ela pode ser utilizada em saladas ou servir de aperitivo.

Rama de cenoura: é rica em vitamina C, ferro, carotenoides e cálcio. Pode ser usada em molhos para massas ou ser cozida.

Casca de maracujá: a parte branca do maracujá é rica em pectina, a qual é uma fibra solúvel que ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim no sangue. Ela também é fonte de ferro, fósforo e cálcio. A casca também pode ser usada para fazer a farinha da casca de maracujá. Essa opção é ótima para quem quer emagrecer, pois fornece saciedade, além de ajudar na prevenção da diabetes tipo 2.

Casca de banana: sua casca contém 2 vezes mais vitamina A, C e potássio do que a polpa, além de vitaminas do complexo B e fósforo. Pode ser utilizado na produção de bolos ou geleias.


Tenho 26 anos, sou Nutricionista graduada pela Universidade Anhanguera de São Paulo. Escolhi essa profissão por ela permitir que eu cuide da saúde das pessoas e leve o conhecimento necessário para que elas possam ter uma vida saudável.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta

*